Sommelier Destaque

A palavra Sommelier vem do francês [bête de] somme = [besta de] carga + lier = amarrar, ligar, portanto o "amarrador (ou lidador) das cargas". 

Em resumo, o carroceiro dos castelos e palácios, que, por transportar as pipas de vinho, acabou sendo incumbido de provar seu conteúdo antes que fosse servido aos Reis e nobres, para evitar tentativas de envenenamentos durante o transporte.

Quando da popularização dos restaurantes em Paris, no final do séc. XVIII, convencionou-se que quem trazia ou transportava o vinho ficava com a obrigação de prová-lo, não só pelo motivo exposto acima, mas também para garantir se o produto era de boa qualidade.

Assim, paulatinamente, nasceu a profissão como é conhecida hoje; o Sommelier é responsável pela escolha, compra, recebimento, guarda e pela prova do vinho antes que seja servido ao cliente. Recentemente a profissão foi regulamentada no Brasil, através da Lei 12.467, de 26 de agosto de 2011, reconhecendo a importância desse profissional no setor de alimentos e bebidas.

Como é o dia a dia da profissão?
Em que tipo de estabelecimento um Sommelier pode trabalhar?

Sempre de muito trabalho, mas a rotina dependerá do lugar onde o profissional trabalha, que pode ser um restaurante, bar, hotel, navio, loja especializada ou importadora, entre outros.

Como está o mercado de trabalho para o Sommelier?

Em franca expansão. O mercado nas capitais, locais turísticos e cidades médias é maior. Nas cidades pequenas do interior do país, o campo ainda é restrito.

Qual a carga horária e a média salarial no Brasil?

Segue a CLT, porém na prática é comum cargas horárias maiores. Com relação a salário, é muito variável e diretamente proporcional à importância do mercado e ao conhecimento e experiência do Sommelier. Pode-se dizer que em São Paulo, a maioria dos profissionais recebe de 1.300 a 5.000 reais mensais. São poucos os que ganham acima deste patamar.

Recentemente, saiu a regulamentação da profissão de Sommelier.
Qual será influência prática?

As mudanças virão mais a longo prazo. A regulamentação deve contribuir para a valorização da profissão, o que provavelmente trará maiores salários e benefícios, mas com a contrapartida de maior exigência em relação à formação profissional e a cursos complementares (conhecimento de idiomas, por exemplo), como já ocorre na Europa e nos Estados Unidos.

O que é preciso para seguir esta profissão? Existem muitos cursos disponíveis?

Gostar de atender o público, ser um apaixonado pelo vinho, ter humildade e determinação para seguir aprendendo, sempre. Com relação aos cursos, nos últimos anos houve grande crescimento na oferta, infelizmente nem sempre acompanhado pela melhora na qualidade do ensino, que continua sendo privilégio de poucas entidades e instituições reconhecidas como referências na área.

A ABS São Paulo é, hoje, uma das mais respeitadas, destacando-se por oferecer uma formação profissionalizante completa, desenvolvida tendo em vista a realidade do mercado brasileiro e as qualificações que se espera de um verdadeiro Sommelier. A ABS-SP oferece uma grade completa de cursos de formação e de especialização, ministrados por profissionais altamente qualificados, entre os quais alguns dos sommeliers mais respeitados em atividade no mercado, com muitos anos de experiência na área.

Os cursos da ABS-SP oferecem a oportunidade de degustar regularmente, de forma técnica, vinhos de diferentes produtores e das mais diversas procedências, em todas as faixas de preço. Além disso, por seu prestígio, a ABS-SP propicia contatos frequentes de seus alunos com produtores e enólogos de todo o mundo quando em visita ao Brasil.

Fonte: Associação Brasileira de Sommeliers - São Paulo (ABS-SP)

 

 

 

Mais nesta categoria: « Mixologista Marketing »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×