Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

Soja: Produtos E Mercado

Fonte: CozinhaNet

DADOS: Originária da China, a soja é um alimento que tem mais proteína que qualquer outro vegetal, além de ser uma proteína mais completa. Esta cultura foi introduzida no Brasil na década de 70 e, apesar de nosso país ser o segundo maior produtor mundial de soja, atrás dos Estados Unidos, o brasileiro consome pouco este alimento, que é a base da alimentação dos povos orientais - que há milênios já usavam a soja. O Japão, por exemplo, importa 90% da soja que consome. Segundo dados da Embrapa, o Brasil tem produzido cerca de 35 milhões de toneladas de soja por ano. Dr. Kyung diz que o sabor da soja nunca agradou muito ao brasileiro e por isso, a indústria precisa “mascarar“ um pouco o sabor, principalmente do leite de soja, por exemplo. 

O potencial terapêutico da soja é uma importante fonte vegetal com potencial protéico e pode ser uma solução simples e barata para a população de baixa renda. A soja é o grão que possui maior teor de proteínas de boa qualidade, além de colaborar na melhoria nutricional da dieta dos brasileiros. O consumo de soja pode controlar os níveis de colesterol sangüíneo, pode prevenir vários tipos de câncer e amenizar os sintomas da menopausa. Esses efeitos benéficos da soja se deve à ação das isoflavonas, substâncias ativas na prevenção de doenças crônicas. 

Segundo a Embrapa, além das funções nutricionais básicas, a soja possui efeitos metabólicos que são benéficos à saúde. Pesquisas recentes mostram que a soja pode prevenir alguns tipos de câncer e de doenças cardíacas, ajuda no alívio dos sintomas da menopausa, na prevenção da osteoporose, deficiências dos rins etc.

As isoflavonas contidas na soja ajudam a repor os hormônio femininos e reduz os efeitos indesejáveis da menopausa, em populações consumidoras de soja. A isoflavona pode ter também efeitos anticancerígenos e possuem também propriedades antioxidantes, diminuindo a quantidade de radicais livres no organismo e retardando o envelhecimento.

No mercado brasileiro é comum encontrarmos a soja como:
- Grão: cozido é usado em saladas
- Leite: extrato com sabores de frutas, usado para fazer creme de leite, molho branco, sorvetes, leite condensado etc.
- Queijo: Chamado de Tofu 
- Molho: Chamado de Shoyu 
- Sopa: Chamada de Missô (os três itens acima são muito usados pelos japoneses) 
- Óleo: Utilizado para a culinária em geral.
- Farinha: existe a farinha integral e a farinha desengordurada, ambas são utilizadas para a fabricação de pães, como mistura para enriquecer vitaminas ou como ingrediente de alimentos industrializados. Há inclusive uma padaria em Campinas, que só faz pão com farinha de soja. 
- Carne: Chamada de Proteína Vegetal Texturizada, que é vendida desidratada para ser feita como uma carne normal. 

Mais nesta categoria: « Sobrepeso Solubilidade »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×