Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

Dill

Endro, aneto ou dill são os nomes de uma uma especiaria com folhas de aroma e sabor delicado e fresco, que lembra a erva-doce, e suas sementes são fortemente aromáticas e picantes.

Pratos Mais Baratos E Nutritivos Na Semana Santa

Entre os peixes mais apreciados, nessa época, encontram-se o bacalhau e a sardinha. Os primeiros, mais caros, devem ser macios, elásticos e de grande espessura. Seu cheiro deve ser agradável, as postas precisam ser colocadas de molho sob refrigeração.

Mixologia Molecular

As bebidas e os cocktails têm agora uma variedade de formas e sabores que eram impossíveis há uns anos atrás e isso deve-se aos avanços da mixologia molecular. Saiba o que é a mixologia molecular e divirta-se ao criar as suas bebidas e cocktails prediletos.

A mixologia molecular

A mixologia molecular é o termo aplicado ao processo de criação de cocktails através da utilização de equipamento científico e as técnicas principais da gastronomia molecular. Trata-se de um processo moderno que possibilita a produção de uma maior variedade e intensidade de sabores, combinação de sabores diferentes, aromas, texturas e efeitos visuais que melhoram a experiência de beber um simples cocktail. O primeiro exemplo de mixologia molecular foi a estratificação de bebidas (densidade e viscosidade) e, como tal, a pousse-café (um estilo de bebida apresentado em camadas) foi um dos primeiros modelos. Atualmente, a mixologia molecular trabalha principalmente com as propriedades físicas de uma bebida.

Os objetivos da mixologia molecular

O objetivo principal da mixologia molecular passa por trabalhar a matéria de uma determinada bebida ou cocktail, mudando os estados moleculares dos seus ingredientes principais – é a chamada teoria da desconstrução. Este conceito promove uma experiência sensorial única para todos os consumidores, pois possibilita comer um Martíni em forma de gelatina em vez de o beber, ou degustar um Bloody Mary na forma de espuma e isso são sensações e experiências únicas, impossíveis de imaginar há uns tempos atrás. Esta é uma prática que tem vindo a atrair milhares de apreciadores, sendo por isso objeto de estudo para muitos mixologistas em todo o mundo.

O equipamento utilizado na mixologia molecular

O equipamento utilizado na mixologia molecular pode ser muito variado e pode implicar desde um simples maçarico até um item mais especializado como a sous-vide que, em francês, quer dizer “sob vácuo” e refere-se a um método de cozinhar em sacolas plásticas seladas a vácuo em baixas temperaturas durante muito tempo. Estas infusões permitem combinações inesperadas de sabores nos cocktails, incluindo os aromas de substâncias não comestíveis, como o tabaco, perfumes e até artigos de couro. É de realçar que os mixologistas também utilizam um evaporador rotativo para a preparação de destilados e extratos.

As técnicas mais populares da mixologia molecular

As técnicas utilizadas por um barman na mixologia molecular são, na sua maioria, técnicas ligadas à gastronomia molecular, como a esterificação, emulsificação e gelificação. Dessa forma, um cocktail pode ser apresentado com a forma de espuma, pó, gel, entre outros, e isso é sinónimo de uma experiência exclusiva para todos os consumidores. Atualmente, existem muitos bares e barmans que se especializaram em mixologia molecular, assim como restaurantes especializados em gastronomia molecular.  

Fonte: Bar Aberto

Pimenta Síria

Tempero típico da cultura árabe, a pimenta síria é indispensável na culinária, sendo usado em vários pratos típicos como o Kibe. A pimenta síria é feita de uma mistura de outros temperos – pimenta-do-reino, pimenta da Jamaica, cravo e noz-moscada – moídos. É conhecido também pelo nome de ba-har ou bahar.

Chocolate

Nascido como a bebida preferida dos deuses maias, virou moeda para os astecas e foi transformado em barra no século 19, na Europa. Também alimentou o exército americano na Segunda Guerra e a ciência descobriu um antidepressivo natural. Nos últimos 3.500 anos, o alimento feito à base de cacau já passou por quase todo tipo de forma, cor e sabor - oval, branco, amargo, bombom... É tanta versatilidade que em 2009 que foi inventada até mesmo uma versão inalável.

Lei da Pureza Alemã

Promulgada em 23 de abril de 1516 pelo Duque Guilherme IV da Baviera, a (pausa para ler a palavra) Reinheitsgebot (Rein - "limpo" ou "puro"; Heit - "-eza'. "Reinheit" pode ser traduzido como "limpeza" ou "pureza"; Gebot - "Mandamento" ou "Lei") regulamentava que a cerveja poderia conter três ingredientes: malte, lúpulo e água.

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×