Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

Gene Responsável Pelo Armazenamento De Gordura

Pesquisa Americana descobre gene responsável pelo armazenamento de gordura. Anteriormente sabia-se somente os genes que sintetizavam as mesmas e agora conquistou-se mais uma etapa.

Fonte: CozinhaNet

Publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (Pnas), o estudo de pesquisadores da Escola de Medicina Albert Einstein, da Universidade de Yeshiva, em Nova York (EUA), anunciaram o descobrimento dos genes responsáveis por armazenar a gordura nas células.

Anteriormente, os cientistas já haviam descoberto os genes que sintetizam a gordura dentro das células. Agora, a etapa seguinte foi concluída: o armazenamento no interior de uma camada de psopolipídios e proteínas para formar gotículas lipídicas.

Armazenar a gordura em gotículas lipídicas parece ser de importância fundamental para permitir que as células utilizem a gordura como fonte de energia, afirma o Dr. David Silver, autor do estudo e professor da Escola de Medicina Albert Einstein.

O especialista diz ainda que a característica de repartir a gordura em gotículas é universal entre os animais. No entanto, nos humanos, adquirir quantidades excessivas dessas gotículas no tecido adiposo leva à obesidade. Sob a forma de gotícula, a gordura fica guardada dentro da célula, e é dessa forma que ela pode ser transformada em energia pelo corpo.

De acordo com o estudo, as seqüências de aminoácidos das proteínas FIT não são parecidas com nenhuma outra conhecida em qualquer espécie. Isso indica que os genes FIT são integrantes de uma nova família.

A equipe identificou dois genes fundamentais para cumprir esse armazenamento de gordura em gotículas lipídicas: FIT1 e FIT2. Ambos codificam proteínas com mais de 200 aminoácidos de comprimento e têm 50% de similaridade entre os dois.

Segundo o Dr. Silver, a medicina pode criar outras maneiras de tratar pessoas obesas e com outras doenças se conseguir regular o funcionamento destes genes nos seres humanos: "Os medicamentos podem ser valiosos não apenas para tratar o acúmulo de gotículas que causam a obesidade, mas para aliviar distúrbios sérios provocados por ela, como a diabetes tipo 2 e doenças cardíacas", finalizou.


Fonte: Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição

Mais nesta categoria: « Geléia Real Gengibre »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×