Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

Bebida Láctea

Fonte: UFRS

O termo "Bebida Láctea" originou-se de um acordo entre fabricantes de laticínios e o Ministério da Agricultura, a fim de permitir o emprego do soro, que não era regulamentado pela legislação antiga. Inicialmente, o consumo da bebida era moderado e existia no mercado em apenas um sabor - o natural/integral. Porém, mais adiante, a fim de ampliar as vendas, foi lançada em novos sabores, tais como morango, ameixa, entre outros.

Assim sendo, de acordo com a definição legal, "entende-se por Bebida Láctea o produto obtido a partir de leite (in natura, pasteurizado, esterilizado, UHT, reconstituído, concentrado, em pó, integral, semidesnatado ou parcialmente desnatado e desnatado) e soro de leite (líquido, concentrado e em pó) adicionado ou não de outros ingredientes, onde a base láctea represente pelo menos 51% (cinqüenta e um por cento) massa/massa (m/m) do total de ingredientes do produto."

As bebidas lácteas apresentam consistência líquida, de diferentes graus de viscosidade, de acordo com a sua composição.

Classificação

As bebidas lácteas podem ser classificadas da seguinte maneira:

1 - De acordo com o tratamento térmico:


• Bebida Láctea Pasteurizada;

• Bebida Láctea Esterilizada;

• Bebida Láctea UHT;

• Bebida Láctea Tratada Termicamente Após a Fermentação: é o produto adicionado de cultivos de microrganismos ou de produtos lácteos fermentados e posteriormente submetido a tratamento térmico adequado.

2 - De acordo com o com a adição ou não de outros produtos alimentícios:

• Bebida Láctea sem adição: a base láctea responde por 100% m/m do produto;

• Bebida Láctea com adição: a base láctea representa no mínimo 51% m/m do produto;

3 - De acordo com a fermentação:

• Bebida Láctea Fermentada: é o produto fermentado mediante a ação de cultivo de microrganismos específicos, e/ou adicionado de leite fermentado e/ou outros produtos lácteos fermentados, e que não poderá ser submetido a tratamento térmico após a fermentação. A contagem total de bactérias lácticas viáveis deve ser no mínimo de 106 UFC/g, no produto final, para o(s) cultivo(s) láctico(s) específico(s) empregado(s), durante todo o prazo de validade.

• Bebida Láctea Não Fermentada: é o produto não adicionado de cultivos de microrganismos ou de produtos lácteos fermentados, submetido a tratamento térmico adequado.

Mais nesta categoria: « Bean Bebidas Alcoólicas »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×