Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

Alcachofra

Fonte: CozinhaNet

1. NOME CIENTÍFICO: Cynara scolymus L.

2. NOMES POPULARES

Cachofra, alcachofra-hortense, alcachofra comum, alcachofra cultivada, alcachofra de comer, alcachofra rosa, artischocke (alemão), alcachofa (espanhol), artichaut (francês), artichoke (inglês), carciofo (italiano).

3. CONSTITUÍNTES QUÍMICOS

Cinarina (ácidos 1,5-dicafeilquínico de 0,02 a 0,03%), sais minerais (fósforo, ferro, potássio, cloro, cálcio, enxofre, sódio, magnésio e silício 12 a 15%), ácido clorogênico, ácido caféico, mucilagem, pectina, tanino.

Ácidos orgânicos: Málico, glicérico e glicólico, glicosídeo A e glicosídeo B, componentes flavônicos glicosilados (cinarosídeo, scolimosídeo, cosmosídeo), cinaropicrina (amargo), enzimas (cinarase, oxidase, ascorbinase, catalase, peroxidase) e vitaminas (B1, B2 e C e pró-vitamina A).

4. PROPRIEDADES MEDICINAIS

Antiesclerótico, antitóxico, colagogo, depurativo, digestivo, diurético, hepático, hipotensor, laxante, colerético, febrífugo, anti-reumático, hipoglicemiante, antiuréico, anti-colesterogênico.

5. INDICAÇÕES

Ácido úrico, afecções hepatobiliares, anemia, anúria, arteriosclerose, ativar a excreção biliar, diabete, bócio exoftálmico, cálculo de bexiga e rins, clorese, colesterol, convalescença, debilidade geral, diabete melito, diarréia, dispepsia, diurese, doenças do coração, eczema, emagrecimento, escorbuto, escrofulose, estômago, febre, fígado, fraqueza, gota, hemofilia, hemorróidas, hidropisia, hipertensão, hipertireoidismo, icterícia, inflamação interna, má-digestão, má formação do sangue, malária, males gástricos e renais, nefrolitíase, obesidade, pneumonia, pulmões, raquitismo, regimes de emagrecimento, reumatismo, sífilis, tosse, toxemia, uréia, uremia, uretrite, urticária, vias biliares, hepáticas e urinárias.

6. PARTE UTILIZADA: Folhas, brácteas (cabeça), raiz.

7. CONTRA-INDICAÇÕES / CUIDADOS: Lactantes (cinaropicrina e a cinarase promovem a coagulação do leite) e em casos de fermentação intestinal.

8. EFEITOS COLATERAIS: Não há na literatura consultada evidências de efeitos colaterais.

9. MODO DE USAR

Decocção; infusão.

- Decocção das folhas 5%, ferver 10 a 12 minutos. Duas ou três xícaras ao dia (preparar cada dose separadamente, para uso imediato);

- Infusão: folha picadas (2 colheres de sopa) em 1 litro de água. Tomar 1 xícara (chá) 3 vezes ao dia após as refeições (preparar cada dose separadamente, para uso imediato);

- Extrato hidroalcoólico: 0,5 a 1g/dia;

- Extrato seco: 100 a 150mg/dose. Tomar 3 vezes ao dia após as principais refeições;

- tintura: 5 a 25ml/dia;

- Vinho medicinal: macerar 20g de folhas frescas em um litro de vinho branco e deixar curar por cinco dias. Filtra e tomar dois cálices pequenos por dia;

- Raízes: Decocção de 20g em um litro de água por cinco minutos. Depois de morno, filtrar e adoçar o líquido. Tomar três xícaras por dia;

- Flores e os fundos da alcachofra cozidos ou assados;

- O miolo da alcachofra como ingrediente de tortas e pizzas.

- Sucos de alcachofra, misturado ao suco de limão: asma;

- Suco de alcachofra, misturando ao suco de cebola: recuperação de hemofílicos;

- Cápsulas ou comprimidos: Adultos: 2 a 3 vezes ao dia; Crianças: 1 a 3 vezes ao dia.

Mais nesta categoria: « Al Dente Alcaçuz »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×