Digite uma palavra ou expressão:

Pesquise por letra:

Letra A Letra B Letra C Letra D Letra E Letra F Letra G Letra H Letra I Letra J Letra K Letra L Letra M
Letra N Letra O Letra P Letra Q Letra R Letra S Letra T Letra U Letra V Letra W Letra X Letra Y Letra Z

A Alimentação Na Pegada De Carbono

Que a Pegada de Carbono é o assunto do momento você sabe. Mas sabia que a carne é uma das culpadas do efeito estufa?

Fonte: CozinhaNet

Até que enfim a ecologia virou o assunto do momento! E agora o que está na moda é a Pegada de Carbono (PC), que em inglês se chama Carbon Footprint.

A Pegada de Carbono é uma estimativa dos recursos naturais necessários para sustentar o estilo de vida de um indivíduo, levando em consideração seu perfil de alimentação, transporte, consumo de bens e lixo produzido. É calculada pela quantidade de dióxido de carbono (CO2) que uma pessoa produz, ou seja, quanto mais CO2 alguém produz, maior sua pegada de carbono.

O avião é o meio de transporte que mais acrescenta pontos no cálculo da PC, portanto, quem costuma viajar de avião com freqüência certamente terá sua PC bastante elevada.

No caso da alimentação, os vegetarianos são os mais ecológicos, já que para produzir carne emite-se uma grande quantidade de CO2 no ambiente, tanto pelas plantações de grãos que serão necessárias para alimentar os animais quanto pelo CO2 que o animal irá produzir na manutenção de seu organismo.

Outros itens importantes são a origem do alimento que você consome: caso seja de um local afastado, haverá geração de CO2 no transporte; também no fato do alimento ser embalado ou não, já que lixo é também um grande gerador de CO2.

Veja algumas medidas que podem ser adotadas na alimentação para diminuir sua Pegada de Carbono:

- Consumir produtos alimentícios provenientes de locais próximos de onde você mora.

- Substituir ao máximo os alimentos comuns por aqueles orgânicos e ecológicos, que agridem menos a natureza.

- Reduzir o consumo de embalagens. Prefira as embalagens tipo “família” às “individuais”.

- Comer menos carne, buscando opções como soja, castanhas e cereais como fontes complementares de proteína.

- Evitar o desperdício de alimentos, aproveitando ao máximo o alimento que compra. O ideal é planejar as compras e aproveitar ao máximo talos, cascas e partes do alimento que possuam bom valor nutricional, mas que normalmente vão fora.

Curioso para calcular a sua Pegada de Carbono? Acesse: http://www.earthday.net/footprint/index.asp

Nesse site você encontra também outras medidas que pode adotar, não só em relação à alimentação.

Mais nesta categoria: « Anis-Estrelado À Americana »

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×