Imprimir esta página

A Importância Da Carne Na Saúde Da Mulher

Fonte: CozinhaNet

8 de março é o Dia Internacional da Mulher e o Serviço de Informação da Carne (SIC) – entidade sem fins lucrativos de orientação e esclarecimento ao consumidor – sugere carne bovina no cardápio feminino para contribuir com sua saúde não somente nesse dia mas como parte da rotina de uma alimentação balanceada.

“A ingestão da carne vermelha, desde que magra, pode ajudar e muito a saúde das mulheres, pois auxilia a prevenção da anemia por ser rica em ferro. Além disso, como a carne vermelha é uma ótima fonte de proteínas, ajuda na construção e manutenção da massa muscular”, afirma o endocrinologista Filippo Pedrinola, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, autor da apresentação da edição brasileira de "A Dieta de South Beach" e médico de famosos, como Athina Onassis, Tânia Kalil, Luciano Huck, Deborah Secco e outros.

Pedrinola explica que durante o período menstrual, devido à perda de sangue, é comum observar anemia em algumas mulheres, principalmente as com fluxo intenso. “Não apenas nesse período, mas como rotina, as mulheres devem incluir em sua dieta alimentos ricos em fonte de ferro, como as carnes vermelhas magras, carne de aves e leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico)”, explica o endocrinologista.

Ele destaca a presença de carne como elemento de fidelização de dietas de emagrecimento. “Qualquer dieta que retire completamente um grupo alimentar ou alimento específico é mais difícil de ser seguida a médio e longo prazo. Porém, a dieta deve priorizar carnes magras, como contra-filé, alcatra e patinho magro”, observa o Dr. Felipo. 

Carne é importante na gravidez – Gestantes necessitam duas vezes mais ferro do que as não-gestantes. O suprimento adicional desse mineral é requerido pelo feto em crescimento e sua placenta, assim como para aumentar as células vermelhas da massa materna total. Nesse período, é fundamental o consumo de carne bovina como fonte de ferro. 

“A carne bovina é uma importante fonte de ferro heme, tipo de ferro melhor assimilado pelo organismo do que o ferro não heme, encontrado nos alimentos de origem vegetal. Por esse motivo, a carne é um importante componente na alimentação da gestante. Mas vale lembrar, mais uma vez, que ela deve ser magra”, finaliza o endocrinologista.

Assim, o SIC deseja a todas as mulheres um ótimo dia e muita saúde com carne à mesa! 

Þ Mais informações sobre carne bovina, bem como receitas e dicas de preparação podem ser encontradas no site do SIC www.sic.org.br