Imprimir esta página

A Importância Do Leite Na Alimentação Saudável

Fonte: CozinhaNet

Uma vida saudável requer uma dieta balanceada. A ingestão adequada de nutrientes é fundamental para o bom funcionamento do organismo. Uma dieta balanceada é aquela que oferece as calorias e os nutrientes adequados para cada indivíduo em quantidades equilibradas de proteínas, carboidratos, gordura, vitaminas, sais minerais e fibras. Alguns alimentos, como o leite, têm um importante papel na dieta humana, pois fornecem uma variedade de nutrientes de alta qualidade.

O Leite na Pirâmide Alimentar

Uma maneira fácil de entender a importância de alguns alimentos ou grupo de alimentos na nutrição humana é usar a Pirâmide Alimentar.

Elaborada por pesquisadores norte-americanos, e adotada em diversos países, a Pirâmide Alimentar é um guia prático que estabelece a importância dos alimentos em uma dieta saudável.

Fonte: USDA e Department of Health and Human Services

Grupo dos Pães, Cereais, Arroz e Massas: 6 - 11 porções por dia
Grupo dos vegetais: 3 – 5 porções por dia
Grupo das frutas: 2 – 4 porções por dia
Grupo dos laticínios: 2 – 3 porções por dia 
Grupo das carnes, ovos e leguminosas: 2 – 3 porções por dia
Grupo das gorduras, óleos e açúcares: uso esporádico

A Pirâmide Alimentar mostra as porções de cada grupo de alimentos que devem ser consumidas todos os dias. O consumo diário recomendado para os produtos lácteos é de 2 a 3 porções, o que corresponderia a cerca de 2 a 3 copos de leite por dia.

A Importância do Leite na IDR

A tabela de Ingestão Diária Recomendada (IDR) foi elaborada por cientistas com a finalidade de apontar as quantidades de vitaminas, minerais e proteínas a serem consumidas diariamente. Estabelece, para as diferentes faixas etárias, a quantidade de nutrientes necessária para uma vida saudável. No Brasil, a IDR foi estabelecida pelo ministério da saúde.

Beba Leite Diariamente

O leite é fonte de proteínas essenciais para o crescimento e o desenvolvimento da criança bem como para a manutenção de adultos.

É fonte de energia, cálcio e fósforo. Pela qualidade, diversidade e combinação de seus nutrientes, o leite deve ser um alimento de consumo diário.

Uma dieta balanceada, com alimentos ricos e nutritivos, como o leite, fornece os nutrientes necessários para uma vida saudável.


O Leite Materno

O leite materno é o mais completo alimento para o bebê e deve ser seu alimento exclusivo até os seis meses de idade, salvo outra orientação médica.

O Ministério da Saúde adverte: O aleitamento materno evita infecções e alergias e é recomendado até os dois anos de idade ou mais.

Não deixe de amamentar seu filho.

Prefira Leite Longa Vida

Leite Longa Vida é o leite tratado por um processo denominado Ultrapasteurização, UAT (Ultra Alta Temperatura) ou UHT (do inglês Ultra High Temperature). Neste processo, o leite é aquecido à temperatura de cerca de 140°C por volta de 4 segundos, seguido por rápido resfriamento.

A alta temperatura elimina todos os microorganismos que possam estar presentes no leite.

O Leite Longa Vida não contém conservantes e é adequadamente protegido pela embalagem. Assim, o leite longa vida é seguro, nutritivo e saudável.

Aspectos Nutricionais do Leite

A Proteína do Leite
O leite é alimento rico tanto na quantidade quanto na qualidade de proteínas. A proteína do leite é considerada de alto valor biológico, uma vez que contém todos os aminoácidos essenciais para atender às necessidades do organismo. Dezoito tipos de aminoácidos podem ser encontrados no leite, sendo que todos os aminoácidos essenciais (que não podem ser sintetizados pelo organismo humano) são encontrados em suas proteínas.

A caseína é a principal proteína do leite, correspondendo a 80% do seu total de proteínas. Com alto valor nutricional, a caseína é facilmente aproveitada no processo de digestão. Os 20% restantes são as proteínas do soro que, embora em menor quantidade, apresentam elevado valor nutritivo, já que sua composição de aminoácidos é muito próxima daquela considerada ideal biologicamente.

A Gordura do Leite
O leite possui gorduras dos tipos saturadas e insaturadas. Por ser um alimento de origem animal, contém maior quantidade de gorduras saturadas do que as insaturadas. No entanto, pesquisas científicas indicam que o equilíbrio dos diferentes ácidos graxos do leite faz dele um alimento sem maiores efeitos na elevação do colesterol sanguíneo. Além disso, já existe no mercado Leite Longa Vida com teores reduzidos de gordura (semidesnatado e desnatado) para os indivíduos que desejam obter os demais nutrientes do leite, sem aumentar a ingestão de gordura.

A Lactose
A lactose é o açúcar encontrado no leite. Formado pela glicose e galactose, a lactose é fonte de energia para as mais variadas reações bioquímicas do organismo, além de favorecer a absorção de alguns minerais como o cálcio, o magnésio e o fósforo.

Embora não seja muito freqüente, algumas pessoas podem ter dificuldade na digestão da lactose. Já existe no mercado Leite Longa Vida com baixo teor de lactose. Assim, tais pessoas podem obter os demais benefícios do leite sem sofrer com os inconvenientes da lactose.

As Vitaminas
As vitaminas são substâncias orgânicas presentes no leite embora poucas tenham relevância no atendimento à Ingestão Diária Recomendada. Podem ser encontradas no leite as vitaminas: A, B1, B2, B6, B12, D, E e K.
Três copos de Leite Longa Vida Integral, contribuem para a IDR de adultos e crianças:

Fonte: FAO, 1997

Os Minerais
Os minerais têm importante papel no bom funcionamento do organismo, exercendo funções estruturais e reguladoras do metabolismo.

O leite contém uma gama de sais minerais. Os mais importantes são os de cálcio, sódio, potássio e magnésio. Eles se apresentam como fosfatos, cloretos, citratos e caseinatos, sendo que os sais de potássio e cálcio são os mais abundantes. O leite é, reconhecidamente, uma importante fonte de minerais.


O Cálcio
O leite e seus derivados contêm grande quantidade de cálcio. Além de estar presente em altas quantidades nesses alimentos, o cálcio do leite e dois produtos lácteos possui alta biodisponibilidade, ou seja, é mais facilmente absorvido pelo organismo. Cerca de 3 copos de leite por dia suprem quase toda a necessidade diária de cálcio de um adulto.

O cálcio, além de ser um dos principais componentes dos ossos e dentes, é importante elemento na condução nervosa, contração muscular, freqüência cardíaca, coagulação sanguínea. É útil na prevenção da hipertensão arterial e até de algumas formas de câncer.

O leite e os produtos lácteos levam uma grande vantagem em relação ao suprimento de cálcio na dieta alimentar:

Fonte: USDA Nutrient Database for Standard References

Previna-se contra a Osteoporose: Beba Leite
A osteoporose se caracteriza pela perda de mineral do esqueleto, resultando em ossos finos e susceptíveis a fraturas. Quando a ingestão de cálcio é inferior à necessária, o organismo retira o cálcio dos ossos, deixando-os frágeis, porosos e facilmente quebráveis. 

A melhor forma de prevenção é aquela que começa com uma alimentação balanceada e quantidades adequadas de cálcio para formação de ossos fortes. O leite e os produtos lácteos são os alimentos mais ricos em cálcio na dieta humana, portanto, aliados importantes na prevenção da osteoporose. Um estilo de vida saudável também é fundamental. Evite o álcool e o fumo e pratique exercícios físicos regularmente.

Fonte: 
ABLV – Associação Brasileira de Leite Longa Vida
Informe do Serviço de Informação ao Consumidor
E-mail: sic@ablv.org.br
Site: http://www.ablv.org.br