Forno de Minas envia primeiro contêiner de pão de queijo para o Japão

Indústria mineira de alimentos congelados passa a exportar a iguaria mineira para dez países

Forno de Minas fecha o ano de 2016 com chave de ouro. A tradicional indústria de alimentos congelados e líder de mercado na comercialização de pães de queijo no Brasil acaba de enviar o primeiro contêiner da iguaria mineira para o Japão. Mais um importante passo para o pão de queijo se tornar um produto global.

Há muito tempo a culinária japonesa rompeu as barreiras geográficas e conquistou os paladares brasileiros. Agora, é a vez do país nipônico receber o legítimo pão de queijo mineiro. Foram enviadas cerca de 8 toneladas do produto, que serão comercializadas por meio de um distribuidor parceiro.

Segundo a gerente de Comércio Exterior da Forno de Minas, Gabriela Cioba, "o japonês, na grande maioria, conhece o pão de queijo. Em algumas lojas de conveniência no país são vendidas porções prontas para o consumo. Além do interesse no consumidor nativo, no Japão, vivem cerca de 180 mil brasileiros, que já conhecem a Forno de Minas e ajudarão na divulgação". Outro aspecto importante é o fato do Brasil abrigar a maior população japonesa fora do Japão.

A aceitação do produto em novos lugares é ampliada também pelo aspecto de saudabilidade. "O pão de queijo tem os atributos de ser glúten free, natural - não contém aditivo – e consumido assado", completa Cioba. Além do fato de poder ser consumido em diversas ocasiões e maneiras. Quente ou frio; a qualquer momento, no café da manhã, no lanche da tarde, em festas e em coquetéis e com vários acompanhamentos.

A Forno de Minas exporta também para os Estados Unidos, Canadá, Portugal, Inglaterra, Chile, Peru, Uruguai e Emirados Árabes. A expectativa é fechar 2020 exportando 15% da produção de pão de queijo.

Divulgação: Link Comunicação

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×