Brasileira cria hambúrguer de abacaxi

Hambúrgueres mais saudáveis, com outros ingredientes, tem sido tendência para a indústria de alimentação. A doutoranda Miriam Selani, de Ciência e Tecnologia de Alimentos da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, propôs utilizar resíduos para produzir pratos saudáveis.

O resultado foi a criação de um hambúrguer de abacaxi, produzido depois de testes com o potencial de frutas como maracujá e manga. Além do hambúrguer, também foi fabricado um extrusado de milho enriquecido com fibra de abacaxi.

A pesquisa teve o apoio do The Food Processing Center, Department of Food Science and Technology da University of Nebraska-Lincol, nos Estados Unidos. "A indústria alimentícia tem interesse em disponibilizar aos consumidores produtos mais saudáveis, como os enriquecidos com fibras ou com redução do teor de gorduras e colesterol", afirma Miriam.

De acordo com a pesquisadora, a partir dos testes foi importante para estudar subprodutos agroindustriais que ainda apresentam boas características para aplicação na indústria, como ganho econômico, por exemplo. "Os subprodutos de abacaxi, maracujá e manga, apresentam teores consideráveis de fibras, com destaque para o abacaxi, que pode ser considerado um ingrediente promissor, amplamente disponível e de baixo custo", explicou.

Fonte: Revista PEGN
Foto: Miriam Selani

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×