Grano Alimentos Lança Linha de Vegetais

A indústria de alimentos de congelados lançou cinco novos produtos. São eles: o Mix Clássico (cenoura em cubos, ervilha, couve-flor, brócolis e vagem), o Mix da Fazenda (rodelas de cenoura, moranga, vagem e milho), o Mix do Chef (milho, pimentão verde, broto de feijão, tomate cereja, feijão vermelho e cebola), o Mix Premium (brócolis, cenoura em rodelas, pimentão amarelo, pimentão vermelho e cogumelo champignon) e o Mix Salada (grão de bico, tomate cereja e cebola).

A empresa prevê ainda novas versões ao longo de 2016.

O que é melhor: consumir vegetais frescos ou congelados? Errou feio quem apostou nos verdinhos que encontra na feira.

"Congelar é sinônimo de preservar", diz o nutrólogo José Alves Lara Neto, vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrição (Abran). Resfriados a menos de 18° C, que é a temperatura do freezer, os micro-organismos param de se desenvolver e não estragam o alimento. "O congelamento, na verdade, mantém o alimento mais próximo do seu estado natural", diz Neto.

É comum associar o alimento fresco à comida de qualidade. Até aí, nada de mais. O problema é que os vegetais ficam mais pobres em nutrientes a partir do momento em que são colhidos, pois sofrem a influência de fatores climáticos, das condições de transporte, armazenamento e distribuição. E o simples ato de prepará-los para a refeição também contribui para que vitaminas e sais minerais batam em retirada. "O congelamento freia esse processo, porque faz diminuir a velocidade de muitas das reações enzimáticas que oxidam o alimento, alterando a cor, o sabor, a textura e os nutrientes", explica o especialista. "Essas modificações ocorrem na presença do oxigênio, que não é utilizado durante o congelamento." Segundo o nutrólogo Edson Credidio, doutor em ciências de alimentos pela Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, quanto mais rápido o processo de congelamento, mais bem preservados ficarão os nutrientes. "Isso evita a formação de grandes cristais de gelo, que danificam as células dos alimentos e prejudicam sua qualidade nutricional", explica. E, quanto antes o produto for parar no freezer, maior a garantia de que suas substâncias benéficas serão mantidas.

O congelamento mantém o alimento mais próximo do seu estado natural, porque ajuda a preservar seus nutrientes.
http://www.grano.com.br

Fonte: GiroNews

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Member Login

Pellentesque adipiscing odio eu neque gravida vehicula. Ut ultricies diam vel est convallis non auctor dui scelerisque. Quisque at erat sem
×